A importância dos exercícios físicos contra o Covid-19

Publicado em 08/03/2021 16:37

Por Claiton Carnhelutti - SEMEL

Nós da SEMEL – Secretaria de Esportes e Lazer de Balneário Piçarras nesse momento que estamos vivendo recomendamos exercícios físicos em casa, ou de preferencia a esportes individuais.

 

A importância dos exercícios físicos contra o Covid-19...

 

Sabemos o quão importante é a prática esportiva para a saúde e muitos estudos investigam a relação entre o exercício e a resposta imunológica do organismo —atualmente, pelas preocupações com a covid-19, a imunologia, que sempre foi essencial, tornou-se motivo ainda maior de discussão. No entanto, a intensidade/duração adequada de exercícios ainda não foi estabelecida e as opiniões divergem. O que sabemos é que é preciso equalizar e encontrar um equilíbrio para que se estabeleça um ponto ótimo de aproveitamento do treino. Dessa forma, o sistema imunológico tem como sua principal função proteger o organismo de agentes estressores e não podemos nos esquecer de que o exercício físico, tanto de maneira aguda como crônica, causa um nível de estresse de maneira proporcional à sua intensidade e duração.

 

Então é esperado que as células do sistema imunológico respondam ao exercício também de acordo com o estímulo que lhe foi dado, assim como esta resposta pode sofrer uma adaptação em um indivíduo que tem o hábito de se exercitar com frequência. No início do exercício, a homeostase é interrompida e várias respostas neuroendócrinas, metabólicas e imunológicas são induzidas em proporção à intensidade e duração do exercício —as células imunológicas como leucócitos, células T, células B, células natural killer, imunoglobulinas e citocinas, mudam constantemente durante e após o exercício e podem influenciar na resistência do corpo às doenças. Assim, tanto o número quanto a função dos linfócitos são alterados com o exercício, apresentando em seu comportamento um aumento no número de células durante a atividade seguido de redução no período pós-exercício. No caso de exercício intenso de longa duração ocorre um período de imunossupressão derivado principalmente das altas taxas de hormônio de estresse que estão circulantes na corrente sanguínea. Porém, no treinamento (longo prazo) de intensidade moderada, o indivíduo passa a apresentar um risco menor de infecções.

 

Referências:

 

- Machado P, Caris A, Santos S, et al. Moderate exercise increases endotoxin concentration in hypoxia but not in normoxia: A controlled clinical trial. Medicine (Baltimore). 2017;96(4):e5504. doi:10.1097/MD.0000000000005504

 

- Peake J, Nosaka K, Suzuki K. Characterization of inflammatory responses to eccentric exercise in humans. Exerc Immunol Rev. 2005;11:64-85

 

- Jee YS. Exercise is an antigen for vaccination: first series of scientific evidence. J Exerc Rehabil. 2019;15:339-340

Créditos: SEMEL

Veja também
1º WINDFEST, regata de WindSurf

O evento irá acontecer no dia 05 de Junho as 14:00hs, ponto de largada o Molhe da Barra Sul

Exercícios regulares previnem agravamento da Covid-19

Atividade física reduz incidência das formas mais graves da doença, o número de hospitalizações e a



SEMEL Balneário Piçarras
Endereço: Rua 200 / Antonio Martinho Teles, S/N - Centro - Balneário Piçaras - SC
Telefone: (47) 3345-1472
E-mail: